Muito mais do que salário

 

O que motiva você a sair de casa todos os dias e trabalhar? A resposta mais óbvia sem dúvida é o seu sálario. Afinal, trabalhamos para ter tranquilidade na vida, e isso passa por manter as contas em dia, proporcionar segurança e conforto para nossa família e para nós mesmos, e é claro, realizarmos os nossos sonhos.

Sem dúvida, ter um bom salário é essencial para nos matermos motivados. Mas será que apenas ter uma conta corrente que é abastecida todos os meses com uma quantidade de números que sobram no final do mês, é suficiente para nos sentirmos realizados em todas as áreas da vida, inclusive a profissional?

A resposta é NÃO! Pessoas que ganham bem, mas não se sentem reconhecidas são pouco motivadas, o que muitas vezes as fazem perder aquilo que parece, a primeira vista, ser o mais importante: um bom salário.

A falta de reconhecimento gera falta de comprometimento. Pessoas que não são reconhecidas por suas ações, geralmente “cumprem tabela”, ou seja, executam suas tarefas sem dar o melhor de si. Em suas mentes figura algo do tipo: “já que a empresa não vê o que faço, então não vou fazer nada além daquilo que me compete e justifica o meu salário”. E à medida que a falta de reconhecimento se solidifica e se torna uma conduta da empresa, mais difícil é reverter a situação, pois a falta de reconhecimento contagia líderes e departamentos.

Empresas assim geralmente possuem colaboradores que só pensam em ir para outro lugar, procurando salários compatíveis (e até mesmo menores do que os seus), mas com um benefício agregado: RECONHECIMENTO. Assim, concluimos que empresas que não reconhecem seus colaboradores têm menor produtividade, maior rotatividade e consequentemente maiores custos, tornando a empresa menos competitiva.

Algumas dicas para reverter esse processo são:

– ouvir os colaboradores
– parabenizar pelas boas tarefas realizadas
– propor desafios valorizando as potencialidades
– dar voz aos colaboradores em reuniões
– promover atividades de relacionamento mútuo
– reconheça publicamente os que se destacam
– valorizar as atitudes e os valores pessoais.

Estas ações, aliadas a outras peculiares do estilo administrtivo e da área de atuação da sua empresa, poderão gerar mudanças na perfepção que seus colaboradores têm sobre o reconhecimento.

A consequencia disso, a médio e longo prazo, são colaboradores mais motivados e comprometidos, que buscam dar o máximo de si e aumentar ainda mais o reconhecimento que já percebem como benefício agregado ao salário.

Como gestor ou líder, você deverá participar ativamente deste processo, mudando se necessário, algumas crenças interiores: acreditar na equipe, gerir por competências, ser transparente e motivador ao mesmo tempo e oferecer recursos são atitudes essenciais.

Somando tudo isso, você terá mais produtividade, menos rotatividade e será mais competitivo no mercado. Um bom começo para quem quer, além de reconhecimento, oferecer um bom salário, não é mesmo?

Por: Maurício Louzada


Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s