Onde você não pode errar?

 

Receber uma promoção sempre é motivo de orgulho e alegria: um novo salário, um novo status, novas oportunidades e principalmente novas responsabilidades.

É claro que toda empresa, antes de promover um colaborador a chefe de um departamento faz uma análise completa de seu perfil e habilidades, mas acredite – essa análise é apenas preliminar. Só é possível saber como uma pessoa vai se sair em um cargo de liderança depois de nomeá-la.

Pessoas que apresentam perfil de liderança, nem sempre conseguem administrar novas responsabilidades quando são cobradas pela direção da empresa.

Novos líderes precisam se policiar para não cometerem os 7 erros mais comuns em quem é promovido a um cargo de chefia:

Erro 1: Não saber lidar com os liderados

Alguém recém-promovido deverá liderar pessoas que estavam no seu mesmo nível hierárquico até ontem. Muitos líderes não conseguem mostrar que a partir daquele dia o relacionamento profissional será diferente com seus colegas de trabalho. Virão cobranças da direção, que se traduzirão em cobranças para seus subordinados.

Erro 2: Tornar-se onipotente e arrogante

Exatamente para não cair no “Erro 1”, algumas pessoas sobem em um pedestal e imaginam que sua arrogância irá manter sua autoridade. Engano total: o segredo está em manter a autoridade, sem se tornar arrogante.

Erro 3: Não focar nos resultados

Se você foi escolhido para este cargo é porque a direção confiou na sua capacidade de trazer resultados. Por isso, o mínimo que se espera da sua atuação, é que os resultados sejam alcançados. Muitas pessoas, quando promovidas, encantam-se com o novo cargo, e se esqueçam do motivo pelo qual estão lá.

Erro 4: Focar sua liderança na liderança anterior

Um bom líder baseia seu trabalho no melhor que pode fazer, e não em comparações com o líder anterior. Você não precisa criar parâmetros de comparação o tempo todo. Deve dar o melhor de si, e por isso, tornar-se melhor para a empresa.

Erro 5: Mudar tudo, só para fazer diferente

Não é porque você ganhou autonomia para mudar o que quiser, que você precisa mudar tudo sem analisar onde vai chegar. Muitos líderes novos mudam procedimentos sob a ótica de quando era um simples colaborador. O líder deve analisar suas ações a partir da nova posição que ocupa. As consequências serão suas.

Erro 6: Levar problemas para frente, em vez de resolvê-los

Como o novo líder está acostumado a ter seus problemas resolvidos pelo seu superior imediato, ainda não tem consciência que terá que resolver problemas por si só. Sempre que levar um problema para a direção, leve também a solução – afinal, dentre outras coisas, você está lá para isso.

Erro 7 : Achar impossível cometer qualquer um dos 6 erros anteriores

Talvez, ao ler os 6 erros que antecedem esse, você tenha pensado: eu jamais cometeria qualquer um desses erros. E aí mora uma armadilha, pois todos os líderes que perderam sua posição em pouco tempo, julgam não ter cometido erros. Por isso é importante que nossa atenção sempre esteja redobrada.

Como diz o velho ditado, “Errar é humano”, mas nem sempre temos uma segunda chance de fazer certo.

Por: Maurício Louzada


 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s