Tomar a cruz e seguir

Quem quiser me seguir, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz a cada dia e siga-me”

Fico impressionado com a maneira desafiadora com que Jesus pregava. Com palavras novas, com autoridade. Nos evangelhos fala-se muitas vezes de discípulos que acharam o dircurso de Jesus muito “duro” e deixaram de o seguir. Olhando para este pequeno trecho do Evangelho, acima citado, encontramos esta realidade desafiadora de Jesus. Justamente por conter duas condições para ser díscipulo: Renúncia e Cruz. Ao ler rapidamente podemos encontrar um primeiro sentido para o que o Senhor disse. Mas, para compreendermos de uma maneira profunda, vamos refletir sobre as palavras que passam quase despercebidas. Vejamos na primeira condição. Jesus diz: RENUNCIE-SE A SI MESMO. Compreendemos primeramente que para seguir deve-se renunciar. Mas, renunciar o que? Muitas vezes pensamos que quando Jesus fala de SEGUIR e RENÚNCIA, ele está falando para quem quer ser padre ou freira, algo do tipo. Ou também pensamos que renunciar signfica só deixar bens materiais, se fazer pobre materialmente. Digo que se pensarmos isto, estaremos limitando o sentido da renúncia que Jesus pregou. Pois quando Jesus disse sobre renúncia, não apenas dizia no âmbito exterior, mas principalmente e primeiramente no interior do homem. Veja: RENUNCIE-SE A SI MESMO. Não é renunciar as coisas que você tem, mas renunciar à você mesmo, aos seus próprios “caprichos”. Por que o fato de deixar aquilo que você tem, não o faz pobre em espírito. Bem sabemos de pessoas que não tem o que comer mas são consumidas por uma soberba incrível. Logo, entendemos que a pobreza material apenas tem sentido quando acompanhada de pobreza espiritual. Quando entendemos que renúnciar a nós mesmos significa esvaziar-nos de nós mesmos para deixar Deus reinar em nós, aí sim consideramos como desprezíveis os bens materiais, pois compreendemos que Deus basta. Porém, fazer esta dinâmica do “renunciar-se” não é fácil e não torna nossa vida mais fácil. Aliás, é sobre isto que Jesus também fala. A segunda condição para seguir é tomar a cruz. Mais precisamente: TOMAR A SUA CRUZ A CADA DIA. Disse no início que a proposta de Jesus é desafiadora. Se era naquela tempo, hoje então acredito que mais ainda, pois vivemos numa sociedade onde se colocam o prazer acima de tudo. Portanto, qualquer discurso que faça menção à algum sofrimento, claro que está indo contra a corrente do que o mundo diz hoje. E isto, alguns “teólogos” (mais hereges que teólogos) entenderam bem, tanto que criaram a maldita “teologia da Prosperidade”. Teologia que prega o evangelho da facilidade, onde você será próspero, rico e bem sucedido materialmente se acreditar em Deus (e claro, liberar um dízimo bem gordo). Sabemos que esta teologia está muito fora daquilo que o Senhor viveu e que os santos viveram. Basta olhar a vida de todos os apóstolos e primeiros cristãos. Mostre-me um que terminou sua vida em um iate em Angra dos Reis, por que pregava o evangelho. Eu lhe digo, todos os apóstolos foram martirizados, um de maneira mais cruel que outro. Morreram assim pois entenderam o que é tomar a sua cruz. Quem quer ressurreição tem que passar pela cruz. E isto é difícil. Ser Cristão é dificil, por isto existem poucos. Santa Teresa D’Ávila dizia que “Jesus gosta de presentear seus amigos com cruzes, por isto ele tem poucos amigos”. E é verdade! Perceba a quantidade de pessoas que se dizem cristãs, mas no primeiro momento de dificuldade são as primeiras a maldizer a Deus, a abandonarem a fé. Concluindo, percebo a profundidade do que Senhor disse. Renunciar a si mesmo, pra não sobrar nada de mim e só Deus permanecer para que eu saiba amá-lo no próximo. Entender nisso, que é preciso saber perder pra poder ganhar. E viver com minha cruz todos os dias, sem desanimar. Pois fé não é show, sobretudo por que Jesus não pregou num palco, mas foi pregado no madeiro. Texto do seminarista Matheus Barbosa da nossa paroquia .

Anúncios
1 comentário

Um pensamento sobre “Tomar a cruz e seguir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s