Tapauá

“Comunidade Oscar Romero”

“Deus se fez carne, e arma sua tenda no Amazonas…”

Segundo os bispos da comissão Episcopal para a Amazônia, a Igreja do Brasil e principalmente no Amazonas, deve ser assumida por todos nós, pois é uma terra de missão carente de evangelização.


Sensíveis aos apelos do Senhor que nos chamava a abraçar a Missão da Igreja do Amazonas, em fevereiro de 1993, chega à pequena cidadezinha de Tapauá, no Rio Purus, três missionárias Oblatas da Assunção

Esta Missão  tão necessitada de missionários (as) brasileiras (os), leva as irmãs a se engajarem   imediatamente nos trabalhos pastorais, na saúde, educação, formação de lideranças, CIMI (Conselho 1 (18)Indigenista Missionário), ribeirinhos, no social…, somando forças com os Freis Agostinianos Recoletos, Religiosos  corajosos,  vindos da Europa e Ásia para ajudar a formar a Igreja do Amazonas.


Apesar de sermos um grupo reduzido, graças a disponibilidade e o Espírito Missionário de várias irmãs: Brasileiras, Italiana, Holandesa, Congolesas, Chilena, Paraguaya…a missão continua até hoje, completando 20 anos de presença em Tapauá.


Neste campo Missionário, nasceu algo novo na vice-província: a colaboração (de um período curto) da nossa leiga consagrada associada, Beatriz Góes. Também uma inter-ajuda por seis anos consecutivos da nossa leiga missionária e colaboradora Luiza Dias, nesta missão.


 LACIR…, um sonho que está tornando-se realidade….

O grupo de leigos (OPA) de Tapauá, juntamente com o apoio dos outros grupos, assumiram a missão de levar adiante o Projeto LACIR (Lar do Adolescente e da Criança Irmã Rosa), uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, tendo como atividade preponderante a assistência social e atividade meio a educação, de caráter organizacional, filantrópico, sem cunho político, partidário ou religioso. Uma casa de acolhida para adolescentes e Crianças em Situação de Risco.

O Projeto LACIR surge como forma de enfrentamento a várias situações que ocorrem no cotidiano da vivência das crianças e dos adolescentes de Tapauá, na qual tem por finalidade,  prevenir enovas lacir 009a intervir nesta situação,  favorecendo um  espaço de acolhimento, através de um programa de resgate de valores e autoestima, promovendo a cidadania, articulando perspectivas e possibilidades, onde as crianças e adolescentes do Município passam ser protagonistas de ações que lhes proporcionam um desenvolvimento abrangente e integral.

O projeto LACIR , que está em fase de construção, está sendo concretizado, graças ao apoio de parcerias no Brasil e no exterior, entre elas: Irmãs Oblatas da Assunção na Holanda, Paróquia Santa Elizabete na Alemanha, Obras Pontifícias Missionárias na Alemanha, grupos de leigos(as) na Holanda e daqui do Brasil, que não medem esforços para que o LACIR, seja uma realidade.

 Fotos 2012:

1 comentário

Um pensamento sobre “Tapauá

  1. Fico muito feliz em ver os lindos trabalhos que as irmãs Oblatas fazem em favor da Vida e da promoção Humana. Tenho orgulho de dizer que conheci muitas irmãs dessa congregação, em especial a Irmã Fátima, que ao me entregar uma vela em forma de barco, disse as seguintes palavras: “Que você possa navegar de forma a alcançar seus sonhos”. E é o que tenho feito até hoje. Obrigado Irmã Fátima. Obrigado Oblatas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s