Memórias para recordar e celebrar! 25 anos das Oblatas em Campinas e mais…

taAs Oblatas da Região do Brasil se alegram pela caminhada feita até aqui e quer partilhar com as Oblatas além mares, os Parentes e os Amigos/as, memórias, experiências, vidas…, nossa História, memórias que não podem ser esquecidas:

Tapauá/AM- 20 anos de presença nesta terra de missão: Sensíveis aos apelos do Senhor que nos chamava a abraçar a Missão da Igreja do Amazonas, no dia 16 de fevereiro de 1993, chega à pequena cidadezinha de Tapauá/AM, no Rio Purus, três missionárias Oblatas da Assunção. Missão exigente, mas apesar de sermos um grupo reduzido, graças à disponibilidade e o Espírito Missionário de várias irmãs: Brasileiras, Italiana, Holandesa, Congolesas, Chilena…a missão continua até hoje, completando 20 anos de presença em Tapauá.

Santa Fé do Sul/SP– 48 anos da chegada em Santa Fé, primeira comunidade OA no Brasil. “Na tarde do dia 21 de fevereiro de 1965,comunid Sta Fé as Irmãs foram acolhidas com muito carinho pelas autoridades e pelo povo numa recepção no Lions Clube da Cidade. Já no 1º dia, no decurso do jantar festivo de boas vindas, os membros do Lions Clube, entregaram a planta de um ambulatório a ser construído perto da casa das Irmãs, onde elas tratariam dos pacientes carentes,  pois na cidade não havia Santa Casa. Este ambulatório atenderia também sete municípios vizinhos, até de outros Estados. Rapidamente as irmãs se sentiram à vontade no meio da população que as ajudaram nas primeiras necessidades de instalação da casa. A cada dia chegavam doações de alimentos,  móveis, eletrodomésticos, plantas…” – Foram tantas Irmãs que passaram por está Missão: Ir. Maria da Compaixão, Ir. Virginia, Ir.Adelberta, Ir. Liduina, Ir. Andréia, Ir. Rosa Inês, Ir. Luisa Amato, Ir. Luisa Drago… e tantas outras. Após quase 30 anos de presença em Santa Fé, a missão foi fechada em Janeiro de 1994.

Campinas SP – 25 anos das Oblatas em Campinas

Com o Objetivo de ser comunidade do Noviciado inserido no meio popular, duas irmãs Oblatas, Ir. Luisa Drago (Italiana) e Ir. Ângela Van de Laar (Holandesa), arrumam suas malas e partem para a nova implantação. Trecho desta aventura, encontramos no diário que cada comunidade faz do seu dia a dia, escrito por Ir. Ângela:

20 de fevereiro 1988“À noite, por volta das 19:00 hs, um caminhão veio para carregar os móveis que serão levados para Campinas. Os pais e os irmãos de Silvia e Francisca (duas jovens que na época eram noviças), vieram para nos ajudar. Às 21:00 hs tudo estava pronto e o caminhão foi no depósito durante a noite. Para nós quatro: Ir. Luisa. Ir. Ângela , Francisca e Silvia, última noite em Andradas.

21 de fevereiro 1988 –  “Depois do almoço aconteceu a despedida das irmãs  que foram  de Kombi para a nova residência em Campinas. Saíram mais ou menos às 13:00 hs de Andradas e Cleuza acompanhou o grupo para ajudar. O caminhão saiu antes e nós combinamos que eles nos esperassem no posto policial (entrada de Campinas). Assim que nos encontramos,  seguimos juntos para o jardim São Fernando , chegando por volta das 15:00 hs na nossa nova casa. Depois de uma hora, tudo foi descarregado e o pessoal que trouxe a mudança retornaram para Andradas. Começamos por arrumar  as coisas, primeiramente nossas camas, pois precisaríamos para dormir. Às 18:30hs lanchamos, com o prato no colo, porque nós não tínhamos os móveis… Nós tivemos muita sorte, porque a TV funcionou sem a antena.  Após as noticias da TV, Imagem1jogamos nossa primeira Canastra na nova casa e logo depois fomos dormir. À noite na nova casa foi muito tranquila”.

Como não agradecer tantas irmãs que colaboraram com esta implantação,  que desde o inicio tem a missão de formar as futuras Oblatas?  Passaram muitas jovens do Brasil, Chile, Paraguay…  A maioria das Oblatas Brasileiras fizeram aqui  em Campinas,  a etapa do noviciado! Obrigada Ir. Luisa (atualmente na missão de Manaus) e  Ir. Ângela (atualmente na Holanda), fundadoras desta comunidade, pela coragem de aceitar o desafio e ao mesmo tempo a aventura de iniciar uma nova experiência em Campinas e a tantas outras Oblatas (não vou citar nomes) que de uma forma ou de outra colaboraram para que muitas jovens descobrissem aqui, a vontade de Deus sobre suas vidas. Obrigada a Paróquia São Judas que nos acolheram, particularmente as comunidades Sagrada Familia e Divino Espírito Santo e aos leig@s que sempre tem marcado presença e apoio na comunidade de formação. Que Deus continue a nos iluminar e mostrar os seus caminhos.  Amém! (Ir. Fátima/OA – Campinas SP)

Anúncios

Um pensamento sobre “Memórias para recordar e celebrar! 25 anos das Oblatas em Campinas e mais…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s